Jesus quer nos perdoar

Imprimir

Visita à Região Amazônica

2/4 setembro de 2017

A Região Amazônica no Brasil abrange todos os estados da região norte do país. A cidade de Manaus no Estado do Amazonas, por exemplo, encontra-se no centro da maior floresta tropical do mundo, situada justamente nessa região.

 

Com um grande patrimônio arquitetônico e cultural, apesar de sua distante localização, a cidade (situada a 3.500 quilômetros da capital, Brasília) destaca-se por seus vários museus, teatros e bibliotecas.

Em frente à cidade de Manaus acontece o famoso “encontro das águas” dos rios Negro e Solimões. O Rio Negro como o próprio nome sugere, é um rio de águas muito escuras. Já o Rio Solimões tem uma cor barrenta, devido ao grande número de sedimentos que a água carrega desde a Cordilheira dos Andes.

Desde o início de 2017, sob o envio do Apóstolo de Distrito Raúl, os Apóstolos Reinaldo Milczuk (São Paulo), com a colaboração do Evangelista de Distrito Edmar Fonseca (Juiz de Fora), estão trabalhando para reativar os Serviços Divinos numa área, onde nos anos 80 funcionavam várias congregações novo- apostólicas. Com o decorrer do tempo e por consequência da grande distância, da carência de irmãos de ministério e por causa dos custos elevados para dar a devida atenção, além de outros motivos, as congregações foram fechando.

Atualmente os cargos visitam Manaus com periodicidade e continuam procurando também encontrar os muitos irmãos e irmãs que moram na região.

Visando apoiar esta reativação, o Apóstolo de Distrito visitou Manaus no sábado, 2 de setembro de 2017, juntamente com os servos antes mencionados.

Na casa do irmão Jorge, no Bairro Cidade Nova de Manaus, foi realizado o Serviço Divino. A palavra baseou-se no texto de João 8:7, quando Jesus salva a mulher adúltera de ser apedrejada e exorta-a a não mais pecar: “E, como insistissem, perguntando-lhe, endireitou-se e disse-lhes: Aquele que de entre vós está sem pecado seja o primeiro que atire pedra contra ela”.

É importante refletir sobre esta história, pois esta mulher é a imagem de nós mesmos, disse o Apóstolo de Distrito Raúl.

Jesus quer nos perdoar, mas há uma condição: “vai-te, e não peques mais”. Aquele que realmente não está pronto para lutar contra os pecados, não recebe perdão! O Apóstolo de Distrito ainda disse: E o ensinamento final desta história: não é nossa tarefa corrigir o próximo e muito menos punir o pecador. Deus não quer punir o pecador, Ele quer salvá-lo, Ele quer que o pecador mude.

Dando continuidade às atividades, a viagem seguiu para o Estado do Pará. 

A igreja Caraparu, no balneário homônimo perto de Santa Isabel do Pará, recebeu uma profunda manutenção.

Na noite da segunda, 4 de setembro, o Apóstolo de Distrito Raúl e seus acompanhantes ativaram nessa igreja. No final do serviço divino houve tempo para dividir um bolo para celebrar a finalização dos trabalhos na igreja. Também estiveram presentes o Ancião de Distrito Leonício e a maior parte dos irmãos de ministério da região. 

AD/kbz

 Vista da congregação - Manaus - AM.JPGDiante da igreja Caraparu - PA.JPG AD Raúl,  irmão Jorge, Evta. Dto. Edmar, Ap. Reinaldo.JPGCidade flutuante - Manaus - PA.JPG Vista da congregação - Caraparú - Pará.JPG Floresta amazónica.JPGIgreja Caraparu - PA.jpg Vista da congregação - Caraparú - PA.JPG Ancião de Dto. Leonício, AD Raúl, Ap. Reinaldo -da esq- Caraparu, PA.JPG macaco - prego - floresta amazónica perto de Manaus.JPG Encontro das aguas dos rios Negro e Solimões- Manaus.JPGCaraparu - PA.jpg


AdmirorGallery 4.5.0, author/s Vasiljevski & Kekeljevic.