Liturgia: ritual, cerimônia e muito mais

Imprimir

Como se desenrola na realidade um Serviço Divino novo-apostólico? A pergunta é formulada com frequência, principalmente quando há convidados sentados no Serviço Divino para um Batismo ou Confirmação. A ordem litúrgica da Igreja Nova Apostólica vale para todo o mundo e é igual para todos os Serviços Divinos.

A liturgia é como paredes de uma casa, como a coluna vertebral para o corpo: as fórmulas fixas que se repetem, uma e outra vez, produzem segurança e ordem na sequência do Serviço Divino. Cada um dos elementos do Serviço Divino - por exemplo, o anúncio da palavra, a doação dos Sacramentos, a bênção – não estão situados arbitrariamente em qualquer lugar, mas sim fazem referência uns aos outros, têm uma sucessão clara. E através da ordem litúrgica previamente estabelecida, o homem percebe que Deus se dedica a ele permanentemente. Todos os que concorrem aos Serviços Divinos reconhecem a confiabilidade de Deus e se sentem protegidos em Sua fidelidade imutável. Sempre iguais, com um cânone, cada uma das partes litúrgicas vão passando pela vida plena de fé.

O Serviço Divino é trinitário desde o início

Depois do canto inicial da congregação segue-se a fórmula da introdução trinitária: “Em nome de Deus, o Pai, o Filho e o Espírito Santo”. Não são palavras casuais. A invocação e adoração do trino Deus são como um ingresso a um Serviço Divino digno: Deus está presente! Ele vela pelo Seu povo, Ele vela sobre Sua palavra.

Depois da oração, da leitura do texto bíblico e do canto, segue-se a prédica. Nos Serviços Divinos novo-apostólicos isto significa: falar livremente da palavra de Deus, de 20 a 25 minutos na prédica principal e mais outras contribuições referentes a ela. Esta é uma tarefa muito exigente, tanto para aquele que predica como para os ouvintes. No Catecismo diz a respeito: “A interpretação do texto bíblico num discurso livre forma o núcleo da prédica e é despertada pelo Espírito Santo. A comunidade presencia esta atuação nas palavras daquele que dirige o Serviço Divino e também nas dos ministros chamados para contribuir também com uma curta prédica complementar (“co-oficiantes”). A proclamação da palavra de Deus através de vários ministros, com caracteres distintos e as respectivas faculdades pessoais, contribuem para iluminar, sob vários prismas, os aspectos contidos na prédica, sendo uma forma de aprofundar a compreensão da vontade de Deus” (CINA 12.1.6.3).

Santa Ceia – o ponto culminante

Segue-se uma parte do arrependimento. A congregação, cada crente se inclina ante o Senhor buscando por paz e perdão. A lavação dos pés é recordada, também a própria pecaminosidade. O canto de arrependimento, o Pai Nosso orado em conjunto, a absolvição de pecado e culpa, assim como a consagração do pão e vinho como corpo e sangue de Cristo introduzem ao festejo da Santa Ceia. Agora vem o ponto culminante do Serviço Divino. Cristo mesmo se apresenta em Sua congregação, “é impossível compreender por via doutrinal e racional, e em toda a sua abrangência, o conteúdo e o significado da Santa Ceia. Ela está estreitamente correlacionada com o mistério da pessoa de Jesus Cristo. É na Santa Ceia que a realidade de Deus e sua dedicação ao homem se tornam diretamente vivenciáveis. A Santa Ceia é o evento central dentro do Serviço Divino. E também ocupa uma posição crucial na consciência e na vida do crente”, diz o Catecismo (CINA 8.2).

Para finalizar, segue-se a oração final, a bênção final e o canto de encerramento. A bênção final trinitária deixa a congregação com a segurança de que tudo está relacionado com o trino Deus. Sua Graça, amor e comunhão a acompanharão.

Todos os cantos, todas as orações, todos os atos, todas as prédicas, todas as bênçãos e todos os Sacramentos do Serviço Divino estão sujeitos à ordem litúrgica da Igreja Nova Apostólica. Todos os portadores de ministério devem se manter à mesma.

Em uma pequena série, nac.today iluminará cada uma das partes litúrgicas.

Foto: Frank Schuldt

Nac.today

Informações do Artigo

Autor: Peter Johanning

Data: 29.02.2016

Palavras-chave: serviço divino, vida na congregação

kbz

Eu amo Jesus 

... é por isso que visito doentes, ajudo o meu próximo e faço as minhas orações.


Com nac.today da Igreja Nova Apostólica, começou um novo meio de difusão. Com os relatórios do mundo todo, o novo magazine de notícias da Igreja Nova Apostólica Internacional (INAI) irá fornecer diariamente informações que sejam de interesse para os cristãos novo-apostólicos e leitores interessados. O conteúdo do novo magazine de notícias incluirá questões internacionais relevantes. Fazem parte delas, entre outras, questões sociais, relatórios detalhados sobre os anúncios da Igreja, bosquejos biográficos e artigos sobre história.

nac.today

nacworld

Nacworld é a rede social da Igreja  Nova Apostólica. Esta rede lhe oferece a oportunidade de fazer contatos em todo o mundo e cultivar amizades. Aqui você vai encontrar pessoas interessantes, vários temas sérios ou bem-humorados, imagens (fotos), vídeos e diferentes opiniões...O uso de nacworld é isento de custosPara se registrar nacworld você precisa apenas de um minuto, e assim passará a fazer parte dos ... 31187 membros que estão atualmente registrados no nacworld. Quantos deles você conhece? 

Nacworld está aberto à opinião.

  • Apóia entretenimento assistido
  • E-mail, chat, fórum, mídia, contatos
  • 24 horas/dia , 365 dias ao ano

Entre agora mesmo e faça parte.

https://nacworld.net/public

Copyright © 2018 Igreja Nova Apostólica. Template designed by olwebdesign.