Martinho Lutero – um homem da Igreja

Imprimir

São inquestionáveis os méritos para as diferentes igrejas, mesmo que isto tenha levado muito tempo para ser reconhecido. Milhões de cristãos se referem hoje ao seu entendimento do Evangelho.

Também os Serviços Divinos na Igreja Nova Apostólica contém os vestígios de Lutero, seja nos elementos da liturgia ou na muito elogiada tradução da Bíblia para o idioma alemão. Quem foi esse homem?

Respostas.

Ele nasceu em 1483. Naquele tempo o mundo era menor, mas não tão diferente do atual. Havia pobreza, opressão, pouca formação. Lutero, como sacerdote católico, era um professor não somente para seus estudantes, mas também para o seu entorno. Queria ensinar àquelas pessoas que o rodeavam. Sua meta pedagógica era a formação, semelhante à visão dos bons professores de hoje. E Martinho Lutero tinha muita formação. Ele traduziu a Santa Escritura, que naquela época já tinha sido traduzida para alguns idiomas, mas não para um alemão padrão. Também não tinha sido impressa, somente existia em desenho manual. Assim ele a traduziu para o alemão; em um alemão que mais tarde se fez escola e que alcançou muito alem das fronteiras do pequeno mundo de Lutero.

Um cristão correto

Lutero também foi um cristão correto. O negócio das indulgências, segundo o qual se podia desfazer dos pecados cometidos entregando uma soma em dinheiro, desagradava-lhe profundamente. Em seu tempo de vida destacava a graça de Deus – sola gratia -, o Seu amor e misericórdia frente ao homem caído no pecado. Hoje esta posição é conhecida como a doutrina da justificação. O Apóstolo Paulo escreveu a respeito em sua carta aos Romanos: “Porque no evangelho é revelada a justiça de Deus, uma justiça que do princípio ao fim é pela fé, como está escrito: O justo viverá pela fé” (Romanos 1:17). Sola fide – só a fé consegue realizar, não as obras, não o dinheiro. Este versículo bíblico levou Lutero a um novo entendimento da Escritura: a justiça eterna de Deus é um presente de graça aos homens, totalmente imerecida, sem nada em troca. Para ele, Lutero, “o que impulsiona Cristo” e a doutrina da justificação eram o centro da Escritura. Sola scriptura.

Teses da Reforma

Diz-se que em 31 de outubro de 1517 ele pregou as suas 95 teses na porta do Palácio de Wittenberg. Assim elas se tornaram públicas e de imediato alcançaram um grande eco. Com suas declarações manifestou sua não concordância com o negócio das indulgências. Esta prática não bíblica foi a pedra fundamental da Reforma. Mais e mais cristãos se desligaram do seio da Igreja Católica, novos pensamentos surgiram, novas comunidades, novas igrejas. A resposta católica para isto foi a Contra-Reforma. Cristãos matavam cristãos - começou o difícil tempo da escalada e da fogueira. Entretanto Lutero não queria outra coisa além da “Liberdade das pessoas cristãs”, como foi o nome de uma de suas obras. Em 18 de fevereiro de 1546 morre o grande reformador e teólogo.

E hoje?

O que podemos aprender de Lutero hoje? Aprendemos a ser cristãos corretos como ele, a dedicação interior a Deus e a aspiração de guiar a vida segundo o Evangelho. O seu Pequeno e Grande Catecismo são obras de confissão que valem à pena ser lidas. Sua ideia da justificação somente pela fé vale uma boa reflexão. E sua fé de que Jesus Cristo realmente está presente no festejo da Santa Ceia também é crido pelos cristãos novo apostólicos: “Este é o meu corpo, este é o meu sangue”. O que permanece além de tudo é principalmente a sua tradução total da Escritura Sagrada. Através dela, e dela, há séculos gerações aprendem o Pai Nosso e o ensinamento do Pai misericordioso, que volta a aceitar o Seu filho, apesar de todo mal que este tenha feito.

Palavra-chave: luterano

A Igreja Evangélica Luterana pertence à família confessional das Igrejas protestantes. Ela fundamenta a sua doutrina em toda a Sagrada Escritura e nos escritos confessionais da Igreja Evangélica Luterana: Os Catecismos de Martinho Lutero, os Artigos de Esmalcalda ou a Confissão de Augsburgo (Confession Augustana). À família confessional luterana pertencem cerca de 74 milhões de cristãos.

Nac.today

INFORMAÇÃO DO ARTIGO
Autor:  Peter Johanning

Data:   31.10.2015

Palavras-Chave: Personalidades

kbz

Eu amo Jesus 

... e o mais bonito é o fato de saber que esse amor é recíproco.


Com nac.today da Igreja Nova Apostólica, começou um novo meio de difusão. Com os relatórios do mundo todo, o novo magazine de notícias da Igreja Nova Apostólica Internacional (INAI) irá fornecer diariamente informações que sejam de interesse para os cristãos novo-apostólicos e leitores interessados. O conteúdo do novo magazine de notícias incluirá questões internacionais relevantes. Fazem parte delas, entre outras, questões sociais, relatórios detalhados sobre os anúncios da Igreja, bosquejos biográficos e artigos sobre história.

nac.today

nacworld

Nacworld é a rede social da Igreja  Nova Apostólica. Esta rede lhe oferece a oportunidade de fazer contatos em todo o mundo e cultivar amizades. Aqui você vai encontrar pessoas interessantes, vários temas sérios ou bem-humorados, imagens (fotos), vídeos e diferentes opiniões...O uso de nacworld é isento de custosPara se registrar nacworld você precisa apenas de um minuto, e assim passará a fazer parte dos ... 31187 membros que estão atualmente registrados no nacworld. Quantos deles você conhece? 

Nacworld está aberto à opinião.

  • Apóia entretenimento assistido
  • E-mail, chat, fórum, mídia, contatos
  • 24 horas/dia , 365 dias ao ano

Entre agora mesmo e faça parte.

https://nacworld.net/public

Copyright © 2018 Igreja Nova Apostólica. Template designed by olwebdesign.