De predicador itinerante a reformador

Imprimir

Seu nome é muito menos conhecido que os demais pioneiros da fé novo-apostólica. Mesmo assim, exerceu uma considerável influência na igreja em formação: Apóstolo Friedrich Wilhelm Menkhoff faleceu em 21 de junho, há 120 anos – uma retrospectiva.

Incenso? Vestimentas com adornos para os ministérios? Cantos litúrgicos na congregação? Quem hoje observa a forma tão simples dos Serviços Divinos na Igreja Nova Apostólica, em geral não sabe que esta estrutura se deve basicamente a um determinado homem. Ainda no fim do século 19 a jovem congregação orientava-se segundo a sua antecessora: a congregação católico-apostólica.

Uma reorganização da estrutura exterior

Foi o então Bispo Menkhoff o que convenceu o Apóstolo Friedrich Wilhelm Schwarz a deixar a estrutura litúrgica tradicional a favor de um Serviço Divino centrado na prédica. Ele tinha esperança que o sistema que o Apóstolo Schwartz estava adaptando nos Países Baixos dominados pelo Calvinismo pudesse encontrar uma maior aceitação através dessa nova estrutura. O futuro Apóstolo Menkhoff tinha a opinião de que era importante a distinção entre ordenações na igreja, que eram incontestáveis, e a sua forma exterior, sujeitas a modificações.

Depois dessa reforma no ano de 1870, passaram-se ainda mais de duas décadas até que as modificações fossem aceitas e implementadas na Alemanha, a pátria materna da fé novo-apostólica. Em 1878 Wilhelm Menkhoff, agora Apóstolo, assumiu a área de trabalho Hamburgo e introduziu a nova liturgia nessa cidade e também em Berlim – em parte contra forte oposição.

Atividade como predicador

Ao contrário dos demais Apóstolos, Friedrich Wilhelm Menkhoff não tinha suas raízes na confissão católico-apostólica, mas sim na evangélica: nasceu em 1826 como filho de um mestre ferreiro na Vestfália, Alemanha, e estudou no centro de formação de diáconos, sendo enviado às províncias de Groningen, Friesland e Drenthe. Tinha sido enviado ali para propagar o evangelho aos trabalhadores de origem alemã que estavam trabalhando nos Países Baixos como cortadores de turfa.

Em 1860 aceitou a posição de Pastor na comunidade evangélica livre em Ouderkerk/Amstel. Em 1863 ele entra em contato com o Apóstolo Schwarz e a Apostolischen Zending – após um longo período de prova, deixou-se selar alguns anos mais tarde. Depois de certo tempo, já no ministério de Evangelista, Friedrich Wilhelm Menkhoff retorna logo em seguida à sua região de nascimento na Alemanha – Bielefeld.

Impulsos para a doutrina

Nesse meio tempo: um jovem homem, cuja mãe tinha grande dificuldade em persuadi-lo a assistir aos Serviços Divinos, começou a empolgar-se fervorosamente quando ouvia as prédicas de Menkhoff – seu nome: Hermann Niehaus, o futuro Apóstolo Maior. Ele convenceu sua família a colocar sua propriedade à disposição para reuniões. Dessa forma o Evangelista Menkhoff conseguiu implantar a pedra fundamental da Igreja Nova Apostólica na futura Renânia do Norte-Vestfália.

O Apóstolo Menkhoff não só deixou pistas do seu ativar espiritual e na liturgia, mas também na doutrina. Também publicou um número de tratados que tiveram influência na doutrina. Em 1867 escreveu um tratado denominado “Fundamentos e Confissão da fé na Comunidade Apostólica em Bielefeld. Uma forma de como festejar a Santa Ceia” e traduziu o livro “Livro para o nosso tempo” de seu colega o Apóstolo Schwartz, do holandês para o alemão.

Editor da primeira revista da igreja

O Apóstolo Menkhoff citado pelo Apóstolo Maior Bischoff: “Muito do que foi escrito em seu tempo pelo Apóstolo Menkhoff merece nunca ser esquecido”, escreveu ele em 1952 na “A voz da sentinela”. Dessa forma “decidi divulgar alguns tratados escritos por ele, que continuam sendo de grande significado para o tempo de hoje”.

Concretamente tratava-se de artigos do “Herold”, a primeira revista da Igreja Nova Apostólica, publicada pelo Apóstolo Menkhoff a partir de 1884. O Apóstolo Menkhoff teve que deixar de trabalhar na mesma no início de 1896 porque ficou cego. Ainda no mesmo ano Friedrich Wilhelm Menkhoff veio a falecer, mas sua vida e seu trabalho continuam repercutindo até hoje.

Nac.today

Informação do Artigo

Autor: Andreas Rother, Alfred Krempf

Data: 22.06.2015

Palavras-chave: Apóstolo, personalidades

 

Eu amo Jesus 

... porque Ele me faz sentir autoconfiante, forte e segura.

 


Com nac.today da Igreja Nova Apostólica, começou um novo meio de difusão. Com os relatórios do mundo todo, o novo magazine de notícias da Igreja Nova Apostólica Internacional (INAI) irá fornecer diariamente informações que sejam de interesse para os cristãos novo-apostólicos e leitores interessados. O conteúdo do novo magazine de notícias incluirá questões internacionais relevantes. Fazem parte delas, entre outras, questões sociais, relatórios detalhados sobre os anúncios da Igreja, bosquejos biográficos e artigos sobre história.

nac.today

nacworld

Nacworld é a rede social da Igreja  Nova Apostólica. Esta rede lhe oferece a oportunidade de fazer contatos em todo o mundo e cultivar amizades. Aqui você vai encontrar pessoas interessantes, vários temas sérios ou bem-humorados, imagens (fotos), vídeos e diferentes opiniões...O uso de nacworld é isento de custosPara se registrar nacworld você precisa apenas de um minuto, e assim passará a fazer parte dos ... 31187 membros que estão atualmente registrados no nacworld. Quantos deles você conhece? 

Nacworld está aberto à opinião.

  • Apóia entretenimento assistido
  • E-mail, chat, fórum, mídia, contatos
  • 24 horas/dia , 365 dias ao ano

Entre agora mesmo e faça parte.

https://nacworld.net/public

Copyright © 2018 Igreja Nova Apostólica. Template designed by olwebdesign.